quarta-feira, 12 de maio de 2010

ORAÇÃO



Sabe, ando passando por momentos difíceis:
São dores que não dão trégua,
Esquecimentos, dependência, alheamentos
Lágrimas e lamentos.
Sabe, ando tão perdida
Que acabei me perdendo de mim mesma.
Aquela que fui, foi-se embora sem deixar endereço,
Essa que sou, não reconheço.
Sabe, o Senhor me ouve?
É que busco na memória as "rezas" da infância
Mas também não sei onde foram parar,
Triste, constato: acho que não sei mais rezar.
Sabe, eu tento conversar Consigo
Como o Amigo sincero que sei que é,
Mas está tão difícil, meu corpo dói tanto
Que a única coisa que sobra é meu pranto.
Sei que lê o que passa com as pessoas
Do pensamento ao coração
Isso não me apavora, nem me faz temer,
Pois não encontrará mágoa, nem revolta, no que ler.
Sabe, sei que há um motivo para a doença,
Que em tudo há uma causa maior,
Mas ando tão cansada desta agonia
Que nada mais me causa alegria.
Senhor de todas as coisas,
Criador do universo,
Por isso hoje esse chamado
Para que me olhe com cuidado,
Não peço alívio para a dor física
Peço só para ouvir meu coração
E escutar baixinho as palavras que não sei falar,
E o que a mente não consegue articular.
Por isso também minha súplica,
Mais forte que a dor que sinto,
Meu Deus, de todo meu coração,
Aceite meu pranto como se fosse oração.

4 comentários:

Miguel S. G. Chammas disse...

Katia, cadê a muloher forte e decidida que um dia conheci?
Não quero nem pensarem te ver nesse estado minha amiga.
Levanta a cabeça e aceite as privações carnais como uma forma de pagamento das obrigações com Ele.
Que a paz esteja com você e saiba,conte com os amigos sempre que precisar.

Jacinta Dantas disse...

Oração é sempre muito bom. Ainda mais quando é assim, sentida, fluida, brotando da alma.

Abraço forte

VANUZA PANTALEÃO disse...

Katinha, meu amor!
Também estou um pouco dodói e meu marido tirou férias para viajar comigo para São Paulo.
Olha, não percamos a nossa Fé, Ele nos ouve sim, esteja certa disso!
Santa Teresa D'Ávila quando estava atravessando um rio turbulento quis brigar com Deus e Ele lhe respondeu que só dava essas Provas para os que Ele mais amava. Ela, que não tinha papas na língua, respondeu-lhe: "Então é por isso que tens tão poucos amigos..."Rs. Dá até pra rir, embora a situação seja trágica.
Sabe o que faço, às vezes? Converso com Ele. Converso mesmo, papo sério, duro. Isso me traz um grande alívio e, em algum momento, Ele me dá respostas certeiras.
TENTE CONVERSAR COM DEUS, AMIGA!!!
Te adoro demais!!!Bjsss

paula barros disse...

Lembro dessa cruz lá de Vitória.

Que Deus escute a tua oração, conforte o corpo e alma. Força!

abraço