sábado, 8 de setembro de 2007

SAUDADE















Hoje eu queria te ver.
Longe de tudo e de todos,
Dar-te um abraço apertado,
Falar da vida que não planejamos,
Dos filhos que não tivemos,
Do futuro que não teremos.

Hoje eu queria te ver.
Ancorar minha vida turbulenta
Na segurança do porto dos teus braços.
Dividir contigo minhas angústias,
Meus medos, temores,
Minhas tristezas e minhas dores.

Hoje eu queria te ver.
Mergulhar na profundeza do teu olhar.
Perder-me nas linhas do teu rosto.
Dizer da alegria de rever-te,
Da saudade imensa que senti,
Dizer que em nenhum momento te esqueci.

Hoje eu queria te ver.
Pela última vez, quem sabe?
Saber como têm sido teus dias,
Se, enfim, és feliz.
Quem sabe, saber até,
Da falta que não fiz.

Hoje eu queria tanto te ver...

Livro: Múltiplas Faces
Autora: Kátia Corrêa De Carli

6 comentários:

Tide disse...

Kátia, a intensidade da tua escrita dá um sentimento tão profundo pras tuas palavras que eu, aqui de onde estou, tenho que me conter pra não me contagiar.
Digo contagiar porque nesse tempo, longe da família, sem amores e cafunés mas com saudades o que faço é me conter. Cada sentimento fica guardado, esperando o lugar e o momento de sair.
Tá lindo o blog :-)

Jussara Soares disse...

é o meu preferido!
Lindo, lindo...
Estou gostando de ver o blog. Estou orgulhosa, rs.
Beijos!

Maria Ercilia disse...

Oi Kátia! Eu não sabia que vc escrevia poesias tão lindas! Adorei e fiquei comovida! Beijos querida!

Mariana disse...

Kátia que coisa linda!!!
Não tinha lido ainda esse seu texto, que maravilha!!! Lindo demais!
Parabéns!
Bjs.

ana disse...

Kátia, queria escrever sobre tudo que eu li. Tudo me fez chorar de emoção, pq vc escreve aquilo que sai de dentro de vc.
Sabe qdo a gente abre uma caixa de surpresas e se encanta pelo contúdo? Foi isto que aconteceu comigo. Continue se envolvendo com a escrita e principalmente trazendo emoção ao coração das pessoas.
Vc é nota dez!!!

ana disse...

Desculpa: Quis dizer conteúdo.