quinta-feira, 13 de setembro de 2007

ALMA CIGANA

Existe uma inquietude que me acompanha desde que me entendo por gente.
Na infância se traduzia em fugas para casas de amigos e passeios em bandos pelas redondezas (igual em toda cidade de interior).
Mais tarde, já moça, nas viagens para onde o dinheiro permitia.
A permanência, onde quer que seja, incomodava-me.
E eu não sabia explicar. Não tinha co-relação com alegria ou tristeza, satisfação ou insatisfação, bem-estar ou não. Era algo além do aqui e agora. Além de mim mesma e do meu controle (tão rígido e tão desnecessário, descubro agora!).
O tempo passou e aprisionou-me na casa, no matrimônio, nos filhos...
Mas como ele (o tempo) é faca de dois, às vezes até três gumes, ora ele usa seu gume e corta para machucar: quando nos apresenta rugas que não estavam lá no dia anterior, leva gente, desfaz fantasias, faz-nos fisicamente mais fracos e impotentes perante alguns desafios; ora ele corta para libertar: e traz novos amigos, realiza sonhos, desfaz preconceitos; ora nos apresenta a nós mesmos.
Tudo isso o tempo fez comigo.
Começou a incitar-me a realizar alguns sonhos como percorrer a trilha Inca, fazer o Caminho de Santiago, a cortar o México de oeste a leste de carro (viagens que me renderam muitas histórias que ainda serão contadas aqui).
Depois me pôs a publicar meus escritos, ensinou-me a me expor.
Das terapias fez-me relembrar de vidas passadas e entender alguns hábitos que eu julgava inconsistentes com minha vida atual.
E foi assim, passo a passo, que o tempo me revelou o mais importante:
Tenho ALMA CIGANA!
Por isso não paro muito tempo no mesmo lugar, adoro fazer mudança (teve um ano que foram cinco!) e amo viajar.
Mas tudo isso é para dizer-lhes que estou partindo para mais uma viagem (para os que me conhecem há mais tempo, respondo: sim, novamente).
Espero voltar com bastante histórias...
Não me esqueçam e marquem esta data: 14/10/2007 – Juro que mesmo sem desfazer as malas terá postagem nova!

5 comentários:

Kátia C. disse...

Katita,

Esses "pedaços de você" são lindos, enigmáticos, "sutis", enfim, gosto de tudo que leio aqui.
Isso mesmo, parta novamente. Viva cada instante desse novo caminhar, mas não se esqueça dessa amiga aqui (muito desleixada com nossa amizade, bem sei)...
Recolha emoções, sonhos, frases, paisagens, "gente". Fotografe tudo na alma e traduza em imagens e palavras pra seus amigos, tá?
Amo muito você, minha amiga-irmã.
Que os anjos e Kwan Yin te acompanhem.
Namastê!

K.

CIGANA VIOLETA disse...

Cada post mais lindo que o outro...
dá para enxergar sua alma em cada palavra..
aliás..uma alma lind.a..
e não te disse..
que eras cigana??srs

Boa viagem andarilha..e nos traga muitas histórias..que toua dorando seu blog...
quando 'crescer" vou escrever igualzinha você.. rs
beijos!
Que Deus te acompanhe!!

Jussara Soares disse...

Boa viagem, querida!
Espero que você esteja aproveitando muito sua temporada européia.
Beijo!

Sérgio disse...

Aproveite muuuuuito a viagem... e mande lembranças minhas a alguns pedaços da europa...
bjs...

Luiz disse...

Ei Katia,
Nem sabia que estava pelo mundo, digo, levitando tua alma cigana. Adorei lê-la aqui no teu "nosso" mundinho virtual, voltei também com umas dicas porém estas guardarei com carinho até o dia 14...
No mais te desejo felicidade e muita diversão nesse teu caminhar.

bjocas e pipócas

LC