quinta-feira, 1 de outubro de 2009

TENTATIVA

Dom Quixote feito de sucata - SP - Jun/2009

Os últimos tempos têm sido doídos, sofridos, difíceis. Mas ninguém mais merece ficar ouvindo essa ladainha... daí meu afastamento, voluntário, mas saudoso.
Sinto saudade de todos vocês, nem imaginam quanto!
Mas tive que enfrentar notícias nada alvissareiras (que palavra mais antiga, argh!).
A gente pressente, mas quando o pressentimento é verbalizado, fica difícil encarar.
Passei muito tempo acreditando que a manhã seguinte seria sem dor, que toda causa de doença mais cedo ou mais tarde é descoberta, que um dia eu teria minha vida de volta.
Só que, da noite pro dia, melhor dizendo, do dia pra noite, tudo virou uma grande ilusão.
Nem a dor se vai, nem o que eu chamava de vida voltará.
Então, chorei até as lágrimas que achava que não mais tinha (como diz minha irmã: Você tem todo o direito de chorar o quanto quiser, só tome bastante água para não desidratar. Um dia vai passar.)
Enquanto não passa, sigo chorando às vezes, revendo trajetórias, sonhos, percursos.
Tentando andar neste novo ritmo.
Tentando aprender que esse novo ritmo é meu.
Tentando conhecer essa pessoa que me devolve o olhar assustado no espelho do banheiro.
Tentando...

5 comentários:

Paulo Vilmar disse...

Kátia!
Tenho certeza que não nascemos para o sofrimento e para a dor, por isso, todas as manhãs, em meus momentos de meditação, que faço todos os dias, dedico um tempinho para te mandar energias positivas, que lhe tirem da dor e do sofrer.
Beijos

VANUZA PANTALEÃO disse...

Katinha, querida!
A tua dor dói também em nós! Isso não é metáfora, muito menos força de expressão. Estive doente por algumas semanas e só agora me recuperei, foi tudo muito difícil, mas como sou uma otimista desavergonhada não deixei que a doença me vencesse. Sempre penso naquela velha máxima do não menos velho Hipócrates: "NÃO HÁ DOENÇAS, E SIM, DOENTES."
Por isso e por tudo o mais, só lhe peço:
NÃO DEIXE DE TENTAR, NUNCA!
VOCÊ ESTÁ VIVA, COM DOR OU SEM, MAS VIVA!
VOCÊ ESTÁ LÚCIDA!
VOCÊ AMA A VIDA!
A VIDA TE AMA!!!
Pode continuar com a "ladainha", não nos cansa em nada, pára com isso, amigos têm que servir para alguma coisa, mesmo os virtuais, rs.Desabafe, é bom!
Continue firme com os seus tratamentos, os alopáticos e os que a Medicina despreza, mas são, muitas vezes, mais eficazes. Você me entendeu!!!
Te adoro!!!

VANUZA PANTALEÃO disse...

...e, já ia me esquecendo: um radiante final de semana!!!

VANUZA PANTALEÃO disse...

Amiga do coração,
Acabei de deixar O Maior de Todos os Remédios para as nossas dores no nosso mais novo post. Não fiz dedicatória, mas, creia, só o fiz pensando em você.
Beijinhos de finalzinho de semana!!!
(se puder, só leia, não comente)

Sérgio disse...

Kátia,

Escrevi um mail, pois aqui o espaço é pequeno. Veja...
Também posteu uma reflexão em meu blog, que pode - tangencialmente - ser relevante. Veja aqui:
http://baumel.wordpress.com/2009/10/11/o-rio-da-vida/
Bjs