segunda-feira, 31 de março de 2008

YO NO CREO EN BRUJAS, PERO QUE LAS HAY, HAY...

Há muitos anos, uma pessoa a quem amo muito me disse que minha missão aqui na terra seria acolher e, mais que isso, seria através da palavra que eu realmente iria cumprir meu compromisso reencarnatório. Por muito tempo carreguei comigo essas palavras e elas foram tomando forma ao longo dessa última década, através dos estudos espíritas que faço, do trabalho voluntário de atendimento fraterno e outras atividades.
Agora sou chamada a ir a outras terras atender a uma amiga que passou por grande perda e o que me pede é somente ajudá-la a compreender... só que, pelas minhas contas, essa ajuda já ultrapassou as barreiras da casa da minha amiga, sua família, sua cidade... Só sei que há muitas pessoas esperando por mim. Para ouvir-me. Não estou ainda tão segura quanto à minha capacidade de cumprir esta missão, mas se Deus colocou-a no meu caminho é porque Ele conhece as minhas possibilidades...
Por isso estou indo, sem medo...
Bruxa boa que sou, já tirei a vassoura de trás da porta e estou pronta para alçar mais um vôo...
Não sei ainda aonde esse vôo me levará... Tenho uma cidade de desembarque, mas não tenho destino. Melhor assim. Não sei para onde vou.
E por falar nisto, lembrei-me de um poema do José Régio - Cântico Negro - que eu acho fantástico. Vou deixar como despedida. Assim que der, durante a viagem, dou notícias.

CÂNTICO NEGRO
"Vem por aqui" - dizem-me alguns com os olhos doces
Estendendo-me os braços, e seguros
De que seria bom que eu os ouvisse
Quando me dizem: "vem por aqui!"
Eu olho-os com olhos lassos,
(Há, nos olhos meus, ironias e cansaços)
E cruzo os braços,
E nunca vou por ali...
A minha glória é esta:Criar desumanidade!
Não acompanhar ninguém.
- Que eu vivo com o mesmo sem-vontade
Com que rasguei o ventre à minha mãe
Não, não vou por aí!
Só vou por onde
Me levam meus próprios passos...
Se ao que busco saber nenhum de vós responde
Por que me repetis: "vem por aqui!"?
Prefiro escorregar nos becos lamacentos,
Redemoinhar aos ventos,
Como farrapos, arrastar os pés sangrentos,
A ir por aí...
Se vim ao mundo, foi
Só para desflorar florestas virgens,
E desenhar meus próprios pés na areia inexplorada!
O mais que faço não vale nada.
Como, pois sereis vós
Que me dareis impulsos, ferramentas e coragem
Para eu derrubar os meus obstáculos?...
Corre, nas vossas veias, sangue velho dos avós,
E vós amais o que é fácil!
Eu amo o Longe e a Miragem,A
mo os abismos, as torrentes, os desertos...
Ide! Tendes estradas,
Tendes jardins, tendes canteiros,
Tendes pátria, tendes tetos,
E tendes regras, e tratados, e filósofos, e sábios...
Eu tenho a minha Loucura !
Levanto-a, como um facho, a arder na noite escura,
E sinto espuma, e sangue, e cânticos nos lábios...
Deus e o Diabo é que guiam, mais ninguém.
Todos tiveram pai, todos tiveram mãe;
Mas eu, que nunca principio nem acabo,
Nasci do amor que há entre Deus e o Diabo.
Ah, que ninguém me dê piedosas intenções!
Ninguém me peça definições!
Ninguém me diga: "vem por aqui"!
A minha vida é um vendaval que se soltou.
É uma onda que se alevantou.
É um átomo a mais que se animou...
Não sei por onde vou,
Não sei para onde vou -
Sei que não vou por aí!

7 comentários:

Carioca disse...

Ah, eu sei onde você vai.
=)
E já conversamos sobre a sua missão!

Mas olha, como você adivinhou que é "amiga"? Tive a preocupação de deixar o texto bem solto em termos de genero masculino ou feminino pra ninguém se sentir especialmente atacado. hahah

Aaaah minha tia pisciana vidente!
hihi

Quero saber muitos detalhes da sua viagem depois, hein?

bjs!!!!!
adorocê!!!

Jacinta disse...

Oi Kátia,
fico contente por te ler, nessa manhã, feriado por essas bandas, e com um ventinho gostoso sussurrando aqui na minha janela.
Seu post sobre o Rio de Janeiro me fêz sentir saudade.
Abração
Jacinta

Jacinta disse...

Volto, de novo, contente, pois no mesmo instante...
duas almas se olham.
Chamamos a isso de que?

Adorei o encontro dos comentários no mesmo momento.
Jacinta

Jussara Soares disse...

"A bruxinha que era boa". Muitas bondades por aí.

Gabriel Araujo disse...

para onde vais?

Germano V. Xavier disse...

Olá!

Passei por aqui...
Gostei do blog!

Abraços pernambucanbaianos...

Germano
www.clubedecarteado.blogspot.com

..::§hiv@::.. disse...

oieee
tudo bein !!
desculpa encomodar
mas assim !!!
eu tava peskisandu tattoo de bruxa, pq adoro bruxa e vi esse desenho, me apaixonei, foi amor a primeira vvistaa, eu num sei se vc ainda entra no seu blog, mas em fim...
preciso saber onde essa bruxinha foi feitaam me responde por favoorrr!!!
joicejcr@hotmail.com
aguardo respostaa