quarta-feira, 19 de novembro de 2008

MANSILLA DE LAS MULAS - LEÓN

León



Saímos e logo entendemos o motivo pelo qual Wolf havia nos dado as fitas de sinalização. É um trecho a princípio monótono, ao lado da rodovia; depois é no próprio acostamento da dita cuja... quando passava um caminhão a gente sentia até o deslocamento do ar... coisa de doido!
Nós até tentamos fazer brincadeiras, sempre macabras, imaginando um monumento à margem da rodovia com a inscrição “Aqui jazem três brasileiros peregrinos”... mas a coisa é feia mesmo!
Passamos por Villamoros, Puente de Villarente, Arcahueja e Valdelafuente, onde paramos numa pracinha para descansar e encher os cantis. Mas saímos rápido porque os “Três Patetas” chegaram.

Parêntesis 1: Vocês se lembram do ocorrido em El Burgo Ranero? Que eu quis partir para a ignorância por causa do Bambi e do Australiano? Pois é... eles arrumaram outro amigo. Sem um adjetivo melhor, resolvemos apelidá-los de “Três Patetas”.

León - Monumento ao Peregrino
A chegada a León foi difícil. O asfalto quente, as pessoas nem um pouco simpáticas (mas Burgos ainda continua na ponta, com grande vantagem!) e os “Três Patetas” seguindo a gente. Nós achamos que eles estavam perdidos e seguiam-nos crendo que sabíamos o caminho, num ato de crueldade, paramos numa padaria e deixamos eles passarem! Mas Santiago já me cobrou o devido preço, não se preocupem!
Compramos nossos pães e doces, deliciosos, sentamos no degrau da vitrine e comemos ali mesmo, suportando os olhares de asco das pessoas que passavam.

Parêntesis 2: Revi, mais uma vez, meus “pré-conceitos”... quantos olhares iguais devo ter dirigido aos irmãos menos afortunados! Essa lição juro que aprendi!

León - Muralhas

Entretanto, outras pessoas, reconhecendo-nos como peregrinos, diziam: “Buen provecho” seguido de um olhar, misto de piedade, compreensão e incentivo. Assim é o caminho, como na vida, uns te derrubam, outros te ajudam a levantar!

León - Catedral Santa Maria

Com uma certa dificuldade chegamos ao albergue. Cinco estrelas em acomodações, nenhuma em hospitalidade e calor humano. Tinha um grande quarto (a Cris contou: 44 beliches) e o “hospitaleiro” definia até qual a cama você ia ocupar. Ordens rígidas que nem de exército. Às duas da tarde o albergue fecha, quem está dentro não sai, quem está fora não entra... e só reabre à quatro!
Cris resolveu ficar e eu e Mauricio: pernas pra que quero!
León é uma cidade linda! Muitas construções antigas, terra de Gaudí, praças com fontes, vale a pena conhecer, dá até para esquecer as bolhas.
Na volta ao albergue encontramos a Cris e saímos novamente.

Léon - Igreja e Museu San Marcos

Decidimos, depois de passear, passar num supermercado e comprar provisões além de produtos para uma boa salada de jantar. Caprichamos na nossa salada! Comemos à vontade, mas tinha muita salada...
Daí os “Três Patetas” estavam lanchando... resolvemos quitar logo nosso karma e oferecemos nossa salada a eles, que aceitaram prontamente.
Pelo menos fomos dormir com a consciência tranqüila!

Eu e Gaudí (me achando! rs)

16 comentários:

Fernanda! disse...

Kátia, espero de coração que esteja tudo bem com vc...Estou aqui torcendo por vc, viu?


Beijos no coração e que todas as energias positivas da natureza te acompanhe sempre.

;*****

Dauri Batisti disse...

Refazer a viagem, refazer o caminho, refazer o espírito,
refazer a coragem e a alegria.
Tudo de bom.

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Katinha, você pode tudo! Me adicione, faça o que bem quiser, rssss...uns derrubam, outros nos dão uma forcinha, como Simão Cirineu, ajudando Cristo martirizado a carregar sua pesada cruz, ou melhor, a nossa cruz...
Quer coisa melhor que comer pão doce de padaria? Ai, nem me fale! Aprontaram com os patetinhas, né? Bad-girls! Hahahaha...depois, caiu a ficha, né?
Adorei, menina!!!Bjssss

Eduardo Miguel disse...

- Filho de Espanhóis sei que não é fácil eles são muito ásperos e secos mas enfim como tudo há algumas coisas boas como tudo né...
- Sei que a jornada deve ter sido dura mas eles os Espanhóis tem um ditado "sarna com gosto não coça" e tenho certeza que a experiência deve ter sido única!
- Obrigado pela visita e pelas palavras, grande abraço!

mundo azul disse...

Querida Katia, BOM DIA!

Mais uma vez...Lendo e me deliciando com as suas histórias!

Quanta coisa se aprende nessas situações, não é?
Pena que algumas vezes, aprendemos e voltamos a derrapar no mesmo lugar...


Obrigada amiga, por tudo que capto aqui!

Beijos de luz e o meu especial carinho...

O Profeta disse...

É uma delicia ler-te...


Doce beijo

Quero estar com você disse...

Minha voz, tão fraca nesse deserto, melhor caminhar contigo e ver você sorrindo com Gaudí, essa é a minha foto favorita.

Que blog! Que amiga!

Círculo Literário disse...

Kátia , nós que ficamos felizes de te encontrar.. Vc traz um blog interessante, com fotos lindas e palavras radiantes!!!
Passaremos sempre por aqui!
"A Vida é um Combate que aos fracos abate e aos fortes conduz..."

Cláudia Pinho disse...

ola cara amiga.
a faculdade está a ir bem. mas é muito cansativa esta vida universitaria.
beijo

Pelos caminhos da vida. disse...

Kàtia obrigada pelo retorno,se és amiga da Vanuza,és minha tb.
Estou meia ausente na net por esses dias pois estou com visitas em casa,mas agora estão dormindo e pensei porque não dar uma corridinha nos blogs querido e deixar meu gde abraço.
Bem vinda ao meu blog minha mais nova amiga.

beijooo.

TODO NOSSO disse...

Catia,na vida só aprendemos a humildade qdo nos colocamos no lugar dos "coitados"
só sentimos na pele o que é ser julgado pelo aparente,qdo isso acontece conosco,
mas coitados são os que julgam sem saber...
q lição de vida , a sua...
espero q esteja bem,gde abço
lane

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Amiga:
Estou péssima hoje porque, por minha causa, uma pessoa de que gosto muito foi hospitalizada. Postei o soneto V, comecei a publicar o ABC dos sonetos e uma canção para essa pessoa.
Se der, passe por lá.
Beijos,
Renata

paula barros disse...

Léon é bonita mesmo, pelas fotos. E você belíssima.

Muitas lições de vida, muito para aprender.

A vida é uma caminhada constante.

abraços

Deusa Odoyá disse...

Olá amiga estimada e querida.
Essa cidade é muito linda.
Você nessa foto, ficou muito radiante.
Belas fotos e belos passeios.
Amiga,, aproveites o máximo de suas escaladas.
Uma boa semana com muita paz.
Beijinhos doces em seu coração.

Sua amiga.
Regina Coeli.

Jardineiro de Plantão disse...

Gostou de Léon... Já visitei e gostei bastante o interior da catedral é lindo.

Vou continuar a na sua empolgante caminhada.

Carlos

Sergio disse...

...Ah, uma coisa que vou precisar..sem que puder, tirar uma sesta...tenho que descansar depois do almoço..

A tolerancia leva á amizade.