sexta-feira, 26 de setembro de 2008

PORQUE MEU DIA NECESSITA DE 36 HORAS...


Por conta do acúmulo de compromissos assumidos, estou sem tempo para escrever... ao mesmo tempo, custa-me abandoná-los... Cheguei a um meio termo.

Vou deixá-los com a bela "Cantares", canção do espanhol Joan Manuel Serrat inspirada nos famosos versos de Antonio Cipriano Jose María Machardo y Ruiz, poeta modernista espanhol:

"Caminante, no hay camino, se hace camino al andar."

Monumento ao Peregrino - Estrada Viana-Logroño



Todo pasa y todo queda,
pero lo nuestro es pasar,
pasar haciendo caminos,
caminos sobre el mar.

Nunca perseguí la gloria,
ni dejar en la memoria
de los hombres mi canción;
yo amo los mundos sutiles,
ingrávidos y gentiles,
como pompas de jabón.

Me gusta verlos pintarse
de sol y grana, volar
bajo el cielo azul, temblar
súbitamente y quebrarse...
Nunca perseguí la gloria.
Caminante, son tus huellas
el camino y nada más;
caminante, no hay camino,
se hace camino al andar.
Al andar se hace camino
y al volver la vista atrás
se ve la senda que nunca
se ha de volver a pisar.

Caminante no hay camino
sino estelas en la mar...

Hace algún tiempo en ese lugar
donde hoy los bosques se visten de espinos
se oyó la voz de un poeta gritar:
"Caminante no hay camino,
se hace camino al andar..."

Golpe a golpe, verso a verso...

Murió el poeta lejos del hogar.
Le cubre el polvo de un país vecino.
Al alejarse, le vieron llorar.
"Caminante no hay camino,
se hace camino al andar..."

Golpe a golpe, verso a verso...

Cuando el jilguero no puede cantar.
Cuando el poeta es un peregrino,
cuando de nada nos sirve rezar.
"Caminante no hay camino,
se hace camino al andar..."

Golpe a golpe, verso a verso.

12 comentários:

Gabi disse...

Grão! Choveu pedrinhas aqui! rs
Eu gosto dessa música, mas prefiro na voz de Katia e Epe! =P
Besos!

Essência Pura disse...

Katia

Também preciso de 36 horas urgentemente...minha vida anda uma loucura, mas acho que é só uma fase, depois passa - espero...

Um feliz final de semana pra vc e sua família

Bela música

Miriam

Betty Branco Martins disse...

olá______Kátia




vim do "nosso querido profeta"




cliquei____________e aqui estou eu





a



conhecer este teu "espaço" tão cativante




PARABÉNS!



voltarei se não te importares:))









beijO___C___carinhO

Jacinta Dantas disse...

Hmmmmmmmm!
que bom Kátia. No final das contas, o que for, de fato, prioridade, você dará conta. Inclusive de dormir, passear, conhecer pessoas e muito mais.
E por falar em conhecer pessoas, acho que perdi o bonde do encontro. Mas, não faltará oportunidade de nos vermos.
Beijos

Mauricio disse...

Ola, Katia.
Como é bom passear contigo novamente por este caminho incrível.
Me preocupo com o dia de 36 horas, por favor, não corra.
Deixe o tempo passar se for preciso, mas conte tudo com o coração.
De preferência sirva-se de um arroz doce, um tomate ou belo sanduíche qdo parar para escrever.
Tens detalhes tão ricos e cheios de vida que me pego num grande desejo do caminho retornar.
Agora me lembro daquele incrível lugar aonde parei, devido aquela massagem nas mãos daquela boa Senhora.
Beijo grande
Beijo Gabi too.

Gabi De Carli disse...

Beijo pro lindinho! (pode deixar recado pra ele aqui, mãe? rs)
Beijo pra vc tb! (sem ciumes, tá? =P )

Tell Aragão disse...

quando vc descobrir como ampliar o dia pra 36 horas, please, conte-me o segredo... bjs e bom final de semana

Nadezhda disse...

Preciso de um dia com 36 horas também. Para poder fazer tudo comos e deve ;)

instantes e momentos disse...

gosto de voltar ao teu blog.Gosto muito de voltar aqui.
Tenha um belo domingo
Maurizio

Deusa Odoyá disse...

Olá amiga.
Preciso de mais de 36 horas para botar meu coração a pensar.
beijos amiga e fique na paz desse iluminado blog.

Regina Coeli.

Jardineiro de Plantão disse...

Hace algún tiempo en ese lugar
donde hoy los bosques se visten de espinos
se oyó la voz de un poeta gritar:
"Caminante no hay camino,
se hace camino al andar..."

Que verdade... esta eu sei mesmo.

Lindo colocar esta canção por aqui.

Carlos

magdinha disse...

Existem pessoas que nos fazem arrepiar, mesmo conhecendo-as apenas por uma telinha de computador. É o que acontece com relação a dona deste blog. Uma amiga muita especial que me fez viajar, chorar, dar muitas risadas enquanto lia esta sua criação. Kátia querida, com certeza, ele será por mim visitado diariamente.
Obrigada por contribuires com meu crescimento cultural e humano.
Beijos no teu coração!