terça-feira, 5 de agosto de 2008

PELO CAMINHO DE SANTIAGO DE COMPOSTELA


SEGUINDO PELO CAMINHO...

Trinidad de Arre - Puente Medieval


Saímos de Zubiri cedo, por volta de sete e meia, mas acontece que naquela época do ano (maio-junho) o dia demora em ficar claro, então, para mim, toda manhã era madrugada...
A trilha deste dia foi mais tranqüila, embora no início tenha um trecho de subida bem enjoadinho, mas meu joelho começou a doer e a Cris me emprestou uma joelheira (já que não fazia parte do meu kit de sobrevivência). Mas, apesar do caminho ser mais fácil, interiormente foi muito difícil. Parece que as dores duplicaram, a saudade não cabia mais dentro do peito, foi um caminho de muita reflexão e muitas lágrimas.

Larrasoaña - Iglesia de San Nicolás de Bari - Século XIII

Passamos por pequenos povoados até chegar a Larrasoaña, que desde o século XI já recebia peregrinos e é uma cidade muito bonita, com construções medievais e uma igreja do século XIII.
Logo ao sair temos que cruzar o asfalto e o Mauricio ficou fazendo graça se ajoelhando no meio da estrada e eu gritando para ele sair. Êta arrependimento! Devia deixar ele lá, estatalado! (mentirinha... rs) E a gente vai passando por “pueblos” Akerreta, Zuriain, Irotz e é um tal de entra e sai da estrada que irrita qualquer um, porque, naquela altura, barulho de carro incomodava muito.
Nesta altura já havíamos aprendido a comprar, na tarde anterior, a comida para a manhã seguinte e também para levarmos durante a caminhada, então, almoçamos na estrada.
Este dia caminhamos 16,2 km e por volta de 14:00 h chegamos a Trinidad de Arre. Porém o albergue só abria às 15:00 h. Daí a Cris e o Mauricio foram para o centro da cidade (Villava) que foi fundada em 1184, procurar um supermercado, ou venda, ou armazém, sei lá, e eu fiquei perto do albergue que fica ao lado da igreja, com uma ponte medieval à frente.

Trinidad de Arre - Basílica de Arre - Século XI

Foi aqui, nesta ponte que conheci Esperanza e Alonso, mexicanos, que tornar-se-iam grandes amigos. Amigos para o resto da vida...
Estava eu na ponte, admirando o rio e vejo chegar uma mulher bonita, mais ou menos da minha idade, acompanhada de um rapaz moreno, alto, bonito e sensual. Gente, o menino era tudo de bom! E o carinho que ele tinha para com ela, ajudava a carregar a mochila, a cruzar as partes difíceis, etc. Bom, ficamos conversando por um bom tempo e eles resolveram seguir até Pamplona. Depois eu comentei com a Cristina e o Mauricio:
- Vai ter sorte assim no raio que o parta! Arrumar um “namorado” deste jeito! Até eu que sou mais boba...
Quis o destino que nossos caminhos continuassem a se cruzar por várias vezes e vou confessar, tive até uma pontinha de inveja da minha amiga.
Muitas cidades depois, estávamos conversando e ela me diz que Alonso era seu filho. Eu caí na gargalhada e ela, sem compreender nada. Daí eu expliquei que pensava que ele era seu amante... Até hoje, quando nos encontramos, rimos muito desta história! (ela já veio ao Brasil visitar-me, eu já fui ao México estar com sua família, ou seja, estava decidido que era para sermos amigas nesta encarnação).

Albergue do Irmão Luciano


O albergue é super simples, mas o Irmão Luciano (Marista) é mais um anjo do Caminho, simpático, sensível, acolhedor, faz com que sintamos em casa, verdadeiramente. É um dos albergues mais limpos e bem cuidados de todo o trajeto, conta até com um quarto separado para os roncadores (rs). Também reencontramos Maria do Carmo, Osmar e Ademir. Conhecemos Ana e Walter – alemães, Pablo – espanhol e fizemos uma grande refeição em família, principalmente quando a Ana me ofereceu um pedaço de tomate e eu aceitei (estava com água na boca) e a Cris quase me matou (rs).
O Irmão Luciano é tão atencioso que até pregador de roupa ele disponibiliza para os peregrinos, aqui, apesar das dores físicas, comecei a repensar sobre o que é luxo e o que necessário!
Mal sabia eu que iniciavam as minhas dores da alma!

Mauricio fazendo "gracinha" pelas estradas da Espanha

21 comentários:

Tell Aragão disse...

gente, conhecer gente nova, assim, em aventuras, é maravilhoso...
agora, vem cá... esse moreno alto, bonito e sensual não tá disponível não?
quem sabe, né? A "Esperanza" (ops, digo, esperança) é a última que "dorme" (sim, porque ela nunca morre, no final das contas)...

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Meu Deus, vc é uma fortaleza! Jamais eu faria isso, nem que estivesse gozando de ótima saúde.
Postei sobre o filme "Caráter" e como sei que você tem bom caráter, apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um abraço,
Renata

Gabi disse...

Estão entrando na história pessoas que eu também aprendi a amar!! E quando chego ao final de mais um capítulo fico imaginando que você poderia ter escrito mais... pelo menos até o próximo albergue... ou o seguinte... enfim, vou te deixar em paz mais vezes pra vc ter tempo de escrever!
Que seus leitores não descubram que a demora na postagem tem nome e começa com G... hehehehe
Beijos!!

Deusa Odoyá disse...

Oi mimnha estimada amiga.
Estive de férias em Salvador e conheci nosso amigo Sibarita.
Queria saber nossos segredos, pode?.
Linda passei para desejar uma semna de muita paz e amor em seu coração.
O sibaita é dez.
Me liguei viuuuuuu.
beijos da amiga.,

Regina Coeli.

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Vejo você em meio a essas rosas e hoje pude vê-la um pouquinho por dentro...O Caminho de Santiago é Indescritível!!!

Dry Neres disse...

Que honra te arrancar lágrimas!! Linda!!
Cara, adorei as fotos.. o albergue do irmão Luciano é uma coisa.. fiquei com curiosidade de como é por dentro..
Maravilhoso relato.. espelho de um belo blog e de uma grande mulher!
Te admiro!
Bjo. ^^

Florescer disse...

Meu Deus!!!
com água na boca fico eu escutando suas aventuras. E esse Maurício, parece ser um carinha do bem prá fazer essas "estripulias". Bom encontrar pessoas assim.
E por falar em encontro: O nosso só falta ser agendado.
Beijos
Jacinta

O Profeta disse...

Ai quem me dera agitar o tempo
Atirar a mágoa à voragem da noite
Arrancar as raízes ao pensamento
Sentir a paz que uma lagoa acolhe


Boa férias


Mágico beijo

mauriciosalles disse...

OOObbbaaaaaa...
Quem bom Katia, me sinto lá fazendo o caminho novamente. Qtas lembraças, aconteceu de tudo e com todos. Abraço by Mauricio.

Layla Lauar disse...

Oi querida ..tive que correr...me sentei à beira da estrada e não acompnahei seus passos... mas já encurtei a distância...adorando trilhar esse caminho junto com você. Fico, ansiosa, no aguardo de novos relatos.

(agradecida pelas suas palavras gentis, você é um amor)

beijos

Lizzie disse...

Esses locais são realmente muito lindos. Sabe que eu tenho vontade de visitar a Europa e a China? Acho a produção cultural deles muito rica, assim como a nossa...Graças a Deus!Rsrs



Beijocas
www.lizziepohlmann.com

Camila Colossi disse...

mooh massa
Espanhaaa *---*
meeu sonhoooo auhauhaauhauh

http://imensidadx3.blogspot.com

INCANTATUS disse...

Gabi, Gabi...assim não dá, né?...

Sério: estou viajando com você, percorrendo caminhos e, acredite, repensando, revendo alguns valores....
Você, com seus relatos, consegue nos levar a uma viagem ao nosso interir, tbém. Acredito que este seja o "meu" momento...E que bom que você faça parte dele.

Viu só: saí do anonimato, rs.
Bjo.

Ah, concordo com a Gabi num ponto: que vontade de ler mais quando chego ao final de um relato...

Outros bjos: pra Gabi tbém.

K.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Estou dando uma festa em comemoração às minhas melhoras.
Conto com a sua presença.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Minha amiga, vc não vem à minha festa? Vai me deixar triste.
Renata

Jorge Elias disse...

Aguardei,aguardei,aguardei... e nada de contato!
Bom, passei para visitá-la.
Penso em fazer o Caminho da Compostela e também nos Andes (não sei quando será possível).

Aguardarei,aguardarei,aguardarei o contato.

Abraços,

Jorge Elias

Jânio Dias disse...

Acho que vou guardar esse relato para um dia tê-lo como roteiro. Também de situações e prevenção!

(Ah, obrigadão pelo feliz aniversário lá no blog. Adorei!)

Beijo!

Mariana disse...

Querida nao estou aguentando esperar ate o proximo capitulo, por favor nao demore, estou ansiosa para saber tudinho que aconteceu nessa maravilhosa peregrinacao!
Beijos!

Abilio Dias disse...

Belo blog, bela viagem a Santiago, adorei amiga, parabéns e boa viagem

bardot disse...

OOOOOOOOOOOOOOOOOO fia, quando tava ficando bão vc para???????? Pode continuar tô adorando ehehehehehehehe Te amo viu? Sua migucha Bardot

Sergio disse...

...Dizem que no verão é melhor de ir..a epoca que vc foi era outono?